sábado, 10 de outubro de 2009

ANTICRISTO


Pouquíssimo público na sessão das oito no sábado no Arteplex. O filme é encantador. Impactante pela beleza trágica, pela violência, pela sexualidade, pela natureza. Me parece que fazia algum tempo (alguns filmes) que Trier não ia tão fundo. No fundo do poço da culpa, da vingança, da loucura, da tragédia. Um lodaçal de corpos, de mortos. Um exorcismo.  Cada capítulo é mais surpreendente e maligno que o anterior. Imperdível.

Um comentário:

Cezar disse...

Caro amigo. vi no seu outro blog sobre uma foto de um calhambeque azul.foto tirada em ibirubá.por favor entre em contato ,pois o lugar me é familiar e a pessoa parada na porta parece ser meu pai.
hcezars@yahoo.com.br

abraços.